Explosão de Cores! Flores para a Mãe!

Olá a todos! Sejam bem vindos à experiência da explosão de cores!

Nesta experiência, quisemos estudar e conhecer um pouco mais acerca das cores e como elas reagem entre si. E para isso fizemos uma cromatografia em papel. Sabem o que é? Então nós explicamos para perceberem um pouco melhor 🙂

A Cromatografia é uma técnica físico-química de separação de misturas, baseada na densidade das partículas, a sua reação a uma substância móvel (fase móvel – água) e uma fase estacionária ou fixa (papel de filtro).

Um dos primeiros processos usados foi a cromatografia em papel. As substâncias a serem separadas costumam interagir com a celulose do papel, sendo que em razão das suas diferentes constituições, uns migram com maior e outros com menor velocidade.

Se quiseres tentar fazer em casa, vais precisar de:cromat

Faz os seguintes passos:

1º – Corta o papel-filtro, no formato desejado.

2º – Faz um círculo com pontos de diferentes cores de canetas à base de água, de ponta porosa.

3º – Deixa pingar água no centro do círculo e observa o que acontece. De acordo com o tamanho do papel, deixa cair entre 3 a 5 gotas de água com a pipeta de Pasteur.

hqdefault

Nós observamos que as cores começaram a espalhar-se e em alguns casos notamos a presença de mais de um pigmento na composição da tinta da caneta. A estas cores chamamos-lhe cores mistas (aquelas que são constituídas por mais do que um pigmento).

Isto acontece porque alguns pigmentos interagem mais fortemente com o solvente (estão em movimento, se espalhando pelo papel) e já outros interagem melhor com o papel (que está parado).

Por vezes algumas cores depois de separadas, voltaram-se a misturar com outras tornando os nossos filtros de café, verdadeiras explosões de cores!

Vê como nos divertimos e até à próxima experiência Cientista!

 

“Raspadinha”

Imagem1

Com o Dia da Mãe a aproximar-se, a professora de ciências propôs mais uma ideia fabulosa à nossa turma, a elaboração de um cartão especial com uma mensagem para entregarmos às nossas queridas mães.

Depois do habitual diálogo da professora connosco sobre o tema da aula, foram distribuídos os respetivos cartões de cartolina, onde todos começamos por desenhar e escrever uma mensagem para a nossa mãe. Depois de finalizarmos o mesmo, decorando-o com lindos desenhos pintados a marcador e lápis de cor e mensagens fantásticas, forramos os cartões com papel autocolante e transparente.

De seguida, preparamos a “misteriosa” tinta de raspadinha, juntando num recipiente duas colheres de tinta guache e uma de detergente líquido, misturou-se tudo muito bem com uma colher plástica e… eis que ficou pronta! A respetiva mistura foi colocada com um pincel sobre a mensagem.

Imagem2

O resultado final foi surpreendente…

Nesta atividade, pudemos misturar a arte com a ciência. Foi espectacular!

Mamãs!!! Surpresa !!!

Imagem3

Imagem5Turma do 2º B da Escola Eb1 do Parque

“Sementes do Amor – Dia da Mãe”

No dia 22 de abril a professora de Ciências trouxe mais uma novidade para o Jardim.

Desta vez foi uma atividade para o “Dia da Mãe”.

Inicialmente tivemos a oportunidade de visualizar vários tipos de
sementes (cor, tamanho, forma). Dialogamos acerca da reprodução das
plantas a partir das sementes- a germinação.

1

2
No fim preparamos um mini conjunto (terra, sementes e as respetivas instruções) para realizarmos esta experiência da germinação com as suas mães.

Imagem1

Imagem2

Imagem3

Achamos que as nossas mães irão gostar muito desta lembrança.

Feliz Dia da Mãe!!!

Jardim de infância da Devesa Velha
%d bloggers like this: