Bactérias no iogurte….

 A turma do 3ºB da Escola Básica do Parrinho, realizou no âmbito do projeto dos

Pequenos Cientistas Sanjoanenses”uma experiência com iogurtes.

  • Sabias que o iogurte é um “alimento vivo”?

Ao comer um iogurte, estou a ingerir bactérias vivas, qualquer coisa como 100 a 1000 milhões por embalagem.

Estas bactérias lácteas, com nomes estranhos, tais como: “Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus”, são nossas amigas, pois aumentam as nossas defesas, resultando numa ação benéfica do trato digestivo, contribuindo também para a manutenção e equilíbrio da flora intestinal.

Finalmente, e depois de termos escutado a professora Luísa com toda a atenção, acerca das vantagens de ingerir iogurtes e sobre os que devemos optar por consumir, claro está … os menos açucarados, passamos à observação das bactérias no microscópio e tiramos-lhes uma “fotografia”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por último, escutamos algumas curiosidades que passamos a partilhar:

  • No início do sec. XX, os iogurtes eram vendidos em farmácias, já que eram considerados medicamentos.
  • Inicialmente e antes da existência do iogurte propriamente dito, o leite era armazenado em marmitas de barro ou em sacos de peles de animais, ficando exposto a altas temperaturas e à ação bacteriana, o que levava à sua fermentação, produzindo, assim, uma espécie de iogurte.

Gostamos muito desta experiência e arranjamos “dois novos amigos”…

%d bloggers like this: