Uma questão de Visão!

Já percebeste do que vamos falar?

Pois é, hoje vamos falar-te do sentido da visão! Somos nós, os meninos e as meninas do 2º ano da Escola EB 1 de Fundo de Vila e tivemos duas aulas com a professora Joana onde aprendemos e fizemos experiências relacionadas com o sentido da visão.

O olho,que também pode ser chamado de globo ocular, porque tem a forma de esfera como, por exemplo o nosso planeta Terra. O ser humano apresenta na sua constituição dois olhos, localizados nas órbitas.

Na primeira aula falamos sobre a estrutura externa do olho e dos orgãos que o ajudam:
– as sobrancelhas e as pestanas – também conhecidos por cílios
– as pálpebras – a de cima (superior) e a de baixo (inferior).
Todas elas ajudam o olho, porque o protegem das poeiras, das pedras e do vento frio do Inverno ou do vento quente de Verão.

A pergunta foi esta – porque razão pestanejamos os olhos?

 Ou seja, porque é que os nossos olhos fecham algumas vezes, fazendo com que as pestanas e as pálpebras toquem uma na outra?
Nós estivemos a testar… Primeiro estivemos em pares e durante um minuto contámos o número de vezes que o nosso colega pestanejou!  10, 15, 30, 8, 5, 0, e até 38! Somos todos diferentes e cada um pisca mais ou pisca menos!
Mas se alguns meninos conseguiram pestanejaram muitas vezes, houveram outros que não pestanejaram nenhuma. Será possível! Quando toda a gente pensava que era batota, a professora tirou a prova.
  Os meninos que tinham pestanejado mais e os que tinham pestanejado menos foram convidados para ir até ao quadro e lá tinha
 uma surpresa… um secador de cabelo.
VRrrrrrrr… o secador começou a trabalhar, relógio na mão e durante um minuto contámos o número de vezes que cada menino e menina pestanejaram enquanto o vento frio do secador estava virado para a sua cara.
Qual não foi a nossa surpresa! Ninguém conseguiu resistir ao vento e todos os meninos e meninas pestanejaram e alguns até choraram!

Mas porquê, perguntávamos nós?

Então a professora explicou…
 As pálpebras fecham-se em resposta à luz intensa e ou como reflexo como resposta de proteção.
Ao mesmo tempo fecham-se para espalhar lágrimas pela superfície ocular. As lágrimas são uma secreção transparente, um pouco salgada e que serve para manter a córnea sempre limpa e nutrida. São produzidas pelas glândulas lacrimais. As lágrimas saem pelo canal lacrimal, que fica na parte interior da pálpebra inferior, próximo do nariz.
Conseguimos ver e até fotografar uma lágrima a sair do olho quando se pressiona o saco lacrimal que fica ao lado das fossas nasais.
Foi espetacular e na próxima aula vamos continuar a falar sobre o olho!
Vê as nossas fotos e desenhos em baixo.
Cumprimentos Científicos das turmas do 2º ano da Escola EB1 de Fundo de Vila.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: